quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Samico


Gilvan Samico
Foto: Nordesteweb
[Gilvan José de Meira Lins Samico]
Recife, 15 de junho de 1928
Reside e trabalha na cidade de Olinda (PE)


Samico é um artista que considera a importância da evolução constante da técnica e seus produtos de arte. Começou com a xilogravura de aspecto tradicional, onde as figuras relativamente simples compunham uma cena, muitas vezes sobre o fundo branco.




Gilvan Samico
Xilogravura
Fonte:  40forever


Nascido em Recife, transferiu-se para São Paulo em 1957, ainda com poucos conhecimentos gráficos, para estudar com Lívio Abramo. No ano seguinte, continuando sua bisca por aprendizado, vai para o Rio de Janeiro estudar na Escola Nacional de Belas Artes, no curso livre de gravura, com Oswaldo Goeldi.
 
Xilogravura
Foto: João Liberato / Divulgação


Xilogravura
Foto: João Liberato / Divulgação



Antes disso, aos 17 anos, começou a se interessar por desenhos ao se deparar com um livro de ilustrações das celebridades hollywodianas do pós-guerra. Aquelas imagens dos artistas famosos que ele assistia no cinema, despertaram-no a vontade de desenhar, copiando as ilustrações que via.


'Criação – O sol, a lua e as estrelas'
Xilogravura
Foto: João Liberato / Divulgação
Fonte: Bolsa de Arte
 

Hoje, Samico produz apenas uma ou duas peças por ano, já que o xilogravador pernambucano estende-se por ricas e detalhadas pesquisas para a realização de cada obra. Dessa forma, aspectos mitológicos são pesquisados de forma profunda, o que permite a criação de obras-primas universais.


'Via-Láctea – Constelação da serpente'
Xilogravura
Foto: João Liberato / Divulgação

Fonte: http://br.blouinartinfo.com/



'Tentação de Santo Antônio', 1962
xilogravura
34 x 45 cm
Acervo Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM), Recife
Foto: Breno Laprovítera
Fonte: Museu Maria Antônia

 


Mas Samico, assim como a arte da xilogravura, evoluíram muito com os anos. Suas obras chegaram ao status de verdadeiras composições de uma mitologia quase épica, muitas vezes montando quadros dentro de outros quadros. como podemos ver na imagem abaixo.



Xilogravura
Fonte: 40forever
 

Texto e postagem: Álvaro Nassaralla
alvaronassaralla@gmail.com



Estadão:
Mostra reúne gravuras de Gilvan Samico - Artista que une histórias ancestrais com cultura popular está entre os grandes gravadores do País