terça-feira, 27 de novembro de 2012

Heitorzinho dos Prazeres


[Heitor dos Prazeres Filho]
07 de dezembro de 1942
Rio de Janeiro - RJ



“A pintura e a música sempre fizeram parte de minha vida, o meu choro era acompanhado por cavaquinho e violão, meu sorriso provocado pelas cócegas dos pincéis nas palmas de minhas mãos e nas solas dos meus pés”.

Heitorzinho dos Prazeres
 


Heitor dos Prazeres Filho nasceu da união do mestre Heitor do Prazeres e Nativa Paiva. Heitorzinho seguiu o legado artístico do Pai na música e na pintura.


Quando Heitorzinho nasceu, seu pai compôs a música "A coisa melhorou". Seus versos diziam: "É mais um guerreiro, é mais um carioca, é mais um brasileiro", ao que o filho não negou, envolvendo-se totalmente com o universo popular do Rio de Janeiro. 


Na pintura
, Heitorzinho registra, como o pai, o cotidiano dos subúrbios cariocas, mas abre-se a novos temas como o desfile das escolas de samba, a prática ilegal de soltar balões, mas que está arraigada na cultura local principalmente por ocasião das festas juninas,  o dia-a-dia em comunidades carentes onde crianças jogam bola de gude, músicos tocando em botequins, na rua e em festividades.



Texto: Álvaro Nassaralla
 



 

 


 

 


 

 


 

 


 
 
Fonte das imagens:   Grupo Sambistas Pintores
Site do Heitorzinho dos Prazeres
 
 
Veja Nelson Sargento (Grupo Sambistas Pintores)

Veja Wanderley Caramba (Grupo Sambistas Pintores)

Veja Sérgio Vidal (Grupo Sambistas Pintores)