terça-feira, 6 de agosto de 2013

Profecia Escatológica: a flor de Hiroshima

Hoje, dia 06 de agosto de 2013, completam-se 68 anos da maior covardia da história de que se tem notícia: o massacre das bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos no Japão.

As duas bombas foram lançadas dias 06 e 09 de agosto de 1945, nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki respectivamente.


 "Profecia Escatológica: a flor de Hiroshima"


O pintor Jose Augusto Silveira ilustrou o fato histórico com a gravura chamada Profecia Escatológica: a flor de Hiroshima (acima). Sua intenção ao pintar o cogumelo atômico foi o de alertar a humanidade de que precisamos aprender com os erros do passado e não os repetir.


"Brincando com a morte" é a maneira que o artista
encontrou de chamar a atenção para o absurdo das guerras


Para Silveira, a arte tem uma função expressiva de envolver e emocionar as pessoas, sensibilizando-as para causas que devem estar sempre na lembrança e compreensão das novas gerações, além de despertar a quem ainda não entendeu que absurdos como esse não podem ser jamais aceitos. 

Saiba mais sobre os ataques nucleares no Japão:

Hiroshima lembra os 68 anos da bomba atômica


Conhecer mais de José Augusto Silveira.