sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Maria Cândido Monteiro

Maria Cândido Monteiro
Foto: MAUC
[Maria Cândido Monteiro ]

1961 - 2010, 

Juazeiro do Norte - CE


Assinando seus trabalhos como M.C.M., Maria Cândido Monteiro primava pelo acabamento que imprimia em suas peças de barro, na maioria placas decorativas (imagem abaixo), chamadas pela artista de 'temas'. Inspirava-se em fotos de revistas ou jornais, agregando elementos de sua pura imaginação. 



"Vida, luta e morte de Padre Cícero"
Exposição "Meu Padinho Padre Cícero -
Em cada casa um oratório, em cada quintal uma oficina"


"Pau de arara"Exposição "Meu Padinho Padre Cícero -
Em cada casa um oratório, em cada quintal uma oficina"

Duas de suas peças estavam presentes na exposição "Meu Padinho Padre Cícero - Em cada casa um oratório, em cada quintal uma oficina", realizada em 2012, Espaço Memória do Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, no Pavilhão de São Cristovão - RJ (imagens acima).



"Benção dos Lares"
Acervo Museu Afro Brasil - SP

Segundo o Museu Casa do Pontal (RJ), a artista trabalhava em conjunto com a mãe, Maria de Lourdes Cândido e a irmã, Maria do Socorro. Por isso, ficaram conhecidas como "as três marias". A tradição segue a família Monteiro, agora com as netas da matriarca também esculpindo em barro.





MCM retrata o cotidiano com vendedoras de fitas religiosas para braços, casais namorando, grandes famílias dentro de casas de pau a pique, mas também o forte acento religioso através da devoção nordestina a Padre Cíço e passagens bíblicas como na peça "Via Sacra", quando "Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz" (abaixo). 



"Via Sacra"
Fonte: Jangadeiros online



Maria Cândido produzia, além das placas decorativas, reisados, quadrilhas e lapinhas, que são peças decorativas para festas populares.




Conheça mais artistas naifs contemporâneos clicando no botão abaixo!



E não se esqueça de comentar e compartilhar com seus amigos: a arte e os artistas naifs agradecem!