domingo, 13 de maio de 2012

Neves Torres

1932, Conselheiro Pena – MG

Viveu a sua infância em pequenas cidades do interior de Minas: Conselheiro Pena, Mantena, morando também na zona rural.

Em 1949, mudou-se para Mutum – MG. Trabalhou como mecânico, motorista, tratorista até comprar um pequeno sítio. Nesse sítio como lavrador, plantava café e cultura de subsistência. Lembranças dessa fase da sua vida, estão hoje retratadas em sua obra.

Em 1963 ficou viúvo e deixou o sítio, voltando a morar com os filhos em Mutum, onde voltou a trabalhar como tratorista. Trabalhou vários anos em fazendas da região até decidir mudar para Vitória- ES. Morando em Vitória, trabalhou com serralheria por um período e depois, voltou ao ofício de tratorista. Nessa profissão, ficou até se aposentar.

Depois de se aposentar, procurou uma atividade nova para se distrair. Num grupo de amigos, algumas pessoas faziam pintura em tecido. Resolveu experimentar e pintou alguns panos de prato.

Um dia comentou com seu filho que tinha vontade de pintar tela. Seu filho se propôs a ensiná-lo, e depois de pintar dois quadros com seu filho, começou a pintar sozinho, em 2007. E desde o início mostrou uma maneira muito pessoal de pintar.

Em 2008, enviou seus trabalhos para a Bienal Naif de Piracicaba e na sua primeira participação foi um dos artistas selecionados, tendo seu trabalho no catálogo da Bienal.

Dois anos mais tarde, 2010, participou novamente da Bienal Naif e desta vez recebeu o prêmio de aquisição.

Fonte: www.galeriaestacao.com.br