quarta-feira, 13 de junho de 2012

Cardosinho



José Bernardo Cardoso Júnior, mais conhecido como Cardosinho (Coimbra, 1861Rio de Janeiro, 1947) foi um pintor naïf luso-brasileiro.

Radicou-se no Brasil com apenas três anos de idade, vindo com sua família, a qual depois perdeu toda em um acidente marítimo. Com isso ingressou no Seminário São José, desejando tornar-se padre. Estudou também na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, mas abandonou os estudos e a vocação, retornando ao Brasil em 1877 para dedicar-se ao ensino de latim e francês no Colégio Batista de Juiz de Fora.

Transferindo-se para Campos, foi indicado Inspetor Escolar, função de exerceu até aposentar-se aos 70 anos, quando passou a dedicar-se à pintura como lazer. Sua freqüência na Sociedade de Artistas Brasileiros do Rio de Janeiro o levou a travar contato com Portinari e Foujita, que o incentivaram na arte, e participou da exposição Pintores Modernos Brasileiros realizada em Londres em 1944.


Vista de Paquetá- 1940

Sua obra foi uma das primeiras, dentro do universo naïf, a ser apreciada pela crítica de arte oficial brasileira, e aborda cenas oníricas, inspiradas em cartões postais.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/
  

Barcos na Baía de Guanabara


Críticas

"Sua arte de jogar com as tintas é primária; seu desenho é o de um escolar que não tem pendor para o desenho. E mais: ele raramente busca seus motivos na natureza. Prefere chegar a ela indiretamente. Serve-se de fotografias ou gravuras que recorta em velhas revistas e álbuns. A velha fotografia de um artista de cinema o interessa mais que a jovem que passa sob a sua janela. Tem um gato em casa, mas prefere copiar o desenho de um gato que viu em um anúncio de fios de lã. Pegou uma fotografia velha de si mesmo e fez assim o esplêndido auto-retrato 20 anos mais moço. Não tem qualquer imaginação plástica, e a despreza".

Rubem Braga
Fonte: LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.



Rochedos no mar


Exposições Coletivas

1931 - Rio de Janeiro RJ - Salão Revolucionário, na Enba

1933 - São Paulo SP - 2ª Exposição de Arte Moderna da SPAM

1936 - Rio de Janeiro RJ - Mostra, ao lado de Portinari, no Palace Hotel

1944 - Londres (Inglaterra) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Royal Academy of Arts

1944 - Norwich (Inglaterra) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, no Norwich Castle and Museum

1944 - Nova York (Estados Unidos) - Mostra de artistas brasileiros, no MoMA

1945 - Baht (Inglaterra) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Victory Art Gallery

1945 - Bristol (Inglaterra) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, no Bristol City Museum & Art Gallery

1945 - Buenos Aires (Argentina) - 20 Artistas Brasileños, nas Salas Nacionales de Exposición

1945 - Buenos Aires (Argentina) - Mostra La Pintura Brasileña Contemporânea

1945 - Edimburgo (Escócia) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na National Gallery

1945 - Glasgow (Escócia) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Kelingrove Art Gallery

1945 - La Plata (Argentina) - 20 Artistas Brasileños, no Museo Provincial de Bellas Artes

1945 - La Plata (Argentina) - Mostra La Pintura Brasileña Contemporânea

1945 - Manchester (Inglaterra) - Exhibition of Modern Brazilian Paintings, na Manchester Art Gallery

1945 - Montevidéu (Uruguai) - 20 Artistas Brasileños, na Comisión Municipal de Cultura

Praia


Exposições Póstumas

1960 - Washington (Estados Unidos) - Coletiva, na Pan American Union

1971 - Nova York (Estados Unidos) - Mostra Ways of Looking, no MoMA

1975 - São Paulo SP - SPAM e CAM, no Museu Lasar Segall

1982 - Lisboa (Portugal) - Brasil 60 Anos de Arte Moderna: Coleção Gilberto Chateaubriand, no Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão

1982 - Londres (Inglaterra) - Brasil 60 Anos de Arte Moderna: Coleção Gilberto Chateaubriand, na Barbican Art Gallery

1984 - Fortaleza CE - 7º Salão Nacional de Artes Plásticas

1984 - Rio de Janeiro RJ - Salão de 31, na Funarte

1987 - Rio de Janeiro RJ - Rio de Janeiro: Fevereiro/Março, na Galeria de Arte Banerj

1992 - Poços de Caldas MG - Arte Moderna Brasileira: acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, na Casa da Cultura

1992 - Rio de Janeiro RJ - Natureza: quatro séculos de arte no Brasil, no CCBB

1993 - Rio de Janeiro RJ - Brasil, 100 Anos de Arte Moderna, no MNBA

1993 - São Paulo SP - 100 Obras-Primas da Coleção Mário de Andrade: pintura e escultura, no IEB/USP

1994 - Poços de Caldas MG - Coleção Unibanco: exposição comemorativa dos 70 anos de Unibanco, na Casa da Cultura

1995 - Rio de Janeiro RJ - Coleção Unibanco: exposição comemorativa dos 70 anos do Unibanco, no MAM/RJ

2000 - Rio de Janeiro RJ - Quando o Brasil era Moderno: artes plásticas no Rio de Janeiro de 1905 a 1960, no Paço Imperial

2002 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB

2002 - São Paulo SP - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB

2002 - São Paulo SP - Pop Brasil: a arte popular e o popular na arte, no CCBB

2003 - Brasília DF - Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, no CCBB


Fonte:
http://www.itaucultural.org.br